Anquinha

A anquinha pode ser considerada uma evolução da crinolina. Ela, como a crinolina, é uma armação usada para aumentar as ancas da mulher, deixando traseiro ou quadris acentuados.

A anquinha, ou bustle, entrou em moda logo após o termino da guerra franco-prussiana, em 1871, e foi usada até  a década de 1880, quando foram substituídas por um tipo de suporte mais delicado, até passarem a não ser mais usadas em meados da década de 1910.

Dentro do curto período em que foi usada, a anquinha sofreu mudanças, sendo ela mesma a transformação da crinolina, como dito antes.

Entre as décadas de 1850 a 1870, a crinolina sofreu alterações que resultaram em mudanças no caimento das saias nas partes da frente e laterais. Para consertar tais caimentos, o suporte da saia, até então conhecido como crinolina, foi transformado em uma peça diferente chamada anquinha.

Nessa primeira fase, a anquinha também ficou conhecida como crinolette e começou a ser usada em 1870.

A característica dessa fase da anquinha é a presença de 3 ou 4 aros no traseiro para servirem de suporte para a saia. Há também alguns modelos com a presença dos mesmos aros nas barras das saias, que tinham o intuito de manter a saia aberta de maneira diferente da antiga crinolina.

Em 1875, houve o auge das anquinhas e, junto com ele, mudanças nas saias, que se tornaram o centro das atenções, e passaram a ser ornadas de diversas maneiras.

Porém, no ano seguinte, a anquinha saiu de moda e assim surgiu a problemática de como lidar com os excessos de tecidos presentes na parte traseira das saias, gerados pela falta da peça.

A partir daí surge um novo tipo de silhueta, mais natural, e com ela era utilizado apenas um suporte com algumas almofadinhas para melhorar o caimento das saias. As armações metálicas deixaram de ser usadas, dando lugar às mais simples feitas de tecidos, e, logo em seguida, deixaram de ser usadas de vez, dando início a nova moda do século XX.

Bibliografia: Allan, Georgina O’Hara; Enciclopédia da Moda: De 1840 À Década de 90: Companhia das Letras, 2010.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Crinolina

https://blogsigbolfashion.com/2015/11/09/a-diferenca-das-anquinhas-crinolina/

http://carolarbex.com.br/moda/a-volta-da-anquinha/

https://senhorasnamoda.wordpress.com/2012/03/16/crinolinas-anquinhas-mulher-sofre/

http://amodistadodesterro.com/primeira-era-bustle-1869-1876/

http://amodistadodesterro.com/forma-natural-1877-1882/

https://blog.modacad.com.br/origem-e-curiosidades-sobre-a-saia/

4 comentários em “Anquinha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s