Art Nouveau

Art Nouveau (“Arte Nova” em francês) é uma escola de arte que aconteceu durante a segunda metade do século XIX até o começo do século XX, período conhecido na Europa como Belle Époque.

O estilo é considerado um estilo de arte pleno, já que abrange diversas áreas artísticas como a arquitetura, mobiliário, decoração, pinturas, artes gráficas, joalheria, têxteis, cerâmicas, vitrais, entre outros.

A origem do movimento é europeia, mas não centrada em um só país, tendo começado na arquitetura na Bélgica e nas artes gráficas na Grã Bretanha, por exemplo. Em cada canto do mundo ocidental, onde teve maior influência, ele recebeu um nome diferente, foi influenciado por diversos artistas locais, e aplicado em todos os meios de arte.

Foi sucessora do estilo Pré Rafaelita e antecessora do Art Deco. Na arquitetura, é considerada o estilo de transição do historicismo ao modernismo.

Os grandes responsáveis pela propagação do estilo foram os mesmos que o batizaram em cada país, foram esses galerias, lojas, revistas e jornais de arte. Os nomes mais conhecidos são:

Art Nouveau, vindo de uma galeria francesa chamada “Maison Art Nouveau”, pertencente ao marchant de arte Siegfried Bing.

Na Alemanha, foi propagada pela revista de arte Die Jugend, que batizou o estilo de Jugendstill (“estilo jovem” em alemão) e também pelas revistas Pan e Simplicissimus.

Na Itália, ficou conhecido como Stile Liberty, oriundo da loja de departamento britânica Liberty.

Apesar de ter sido adotado em cada país ocidental por artistas diferentes, que aplicaram em seus trabalhos influências locais, o estilo foi o mesmo em todos eles.

As maiores influências foram o japonismo, o movimento arts and crafts e motivos orgânicos da fauna e flora. É definido também por muitas curvas e pela presença de animais, flores e do corpo feminino.

Em cada área da arte que foi aplicado, o estilo trouxe mudanças inovadoras. Por ser muito orgânico, tornou-se muito caro especialmente na arquitetura e mobiliária, já que os trabalhos deveriam ser feitos por artistas e artesãos, e não por máquinas. Com a mudança do século e a chegada da I Guerra Mundial, o Art Nouveau perdeu força e foi substituído pelo Art Deco, que era mais geométrico.

Alguns dos artistas que exploraram o estilo Art Nouveau foram Gustav Klimt, Georges Seurat, Paul Signac, e Henri de Toulouse-Lautrec.

Na moda algumas das casas de moda foram a House of Worth, Poiret, Paquin, Fortuny, Soeurs e Doucet.

No Brasil, o estilo foi especialmente representado pela casa da família Alvares Penteado, que posteriormente foi doada para a Universidade de São Paulo (USP) e transformou-se em um dos prédios da atual faculdade de arquitetura e urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU USP).

A seguir, exemplos da Art Nouveau aplicado nas diversas formas de arte.

Bibliografia: Allan, Georgina O’Hara; Enciclopédia da Moda: De 1840 À Década de 90: Companhia das Letras, 2010.

https://www.historiadasartes.com/nomundo/arte-seculo-20/art-noveau/

https://pt.wikipedia.org/wiki/Art_nouveau

https://en.wikipedia.org/wiki/Art_Nouveau

Um comentário em “Art Nouveau

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s